Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Como alimentar galinhas sem ração e milho

Mäyjo, 05.04.14

Como alimentar galinhas sem ração e milho

 

A produção animal actual pressupõe que a maior parte dos animais para consumo sejam criados em explorações agrícolas, com uma alimentação que o potencie o máximo crescimento no menor curto espaço de tempo. No caso das galinhas, a alimentação é feita à base de ração e milho.

Porém, começam a aparecer explorações que alimentam as suas galinhas a partir de uma mistura de restos de alimentos, grãos e outros produtos orgânicos, também conhecida como composto. No composto, as galinhas podem não só encontrar restos de alimentos como insectos e vermes e até micélio, uma dieta muito mais nutritiva que a tradicional dieta de milho e ração.

Uma exploração agrícola que é exemplo desta prática é a Vermont Compost, cuja principal actividade é a produção de composto para a produção orgânica. Paralelamente, Karl Hammer, que gere a empresa, também cria galinhas, que são alimentadas com composto, refere o Treehugger. As galinhas são libertadas em grandes áreas onde está depositado o composto – nas suas últimas fases de processamento – e procuram o seu próprio alimento.

Este sistema permite não só evitar a desflorestação de mais áreas para aumentar a produção agrícola como também rentabilizar o destino do composto que, antes de servir de fertilizante, serve de alimento para as galinhas.

 

FOTO:  SMcGarnigle / Creative Commons